6 horas
Duração
Istambul – Europa
Localização
Diárias
Saídas

É notável a herança judaica na história da Turquia, especialmente em Istambul. Os judeus habitam a cidade deste o período bizantino, mas a comunidade floresceu e prosperou a partir da tomada de Constantinopla pelo Imperio Otomano. Istambul chegou a ter a maior comunidade judaica do mundo, a qual era vista como exemplo.

Neste passeio privado com duração de 6 horas, levaremos você para conhecer importantes pontos históricos de Istambul os quais fazem parte do imenso legado da comunidade judaica na Turquia.

Este roteiro inclui visitas ao Bairro e Torre de Gálata, Museu Zulfaris, Sinagoga de Neve Shalom, Bairro de Balat, Sinagoga de Ahrida e Hospital Judaico Or-Ahayim.

SaídasDiárias
Horário de Saída9:00
Local de Saída/ RetornoHotéis em Istambul
Duração6 horas
IncluindoPick up/ Drop off em seu hotel;
Guia de turismo oficial em idioma português;
Entradas para os museus e atrações mencionados;
Motorista e veículo privado, climatizado
Taxas e impostos locais.
Não IncluiBebidas;
Gratificações para guia e motorista;
Despesas pessoais.

Atrações:

Bairro e Torre de Gálata: Gálata foi uma colônia de genoveses estabelecida entre os anos de 1.273 e 1453 e que no ano de 1.348 construíram a torre com o mesmo nome, na parte mais alta do bairro. É possível contemplar a Torre de Gálata de quase todos os lugares em Istambul. A majestosa torre de 60 metros de altura está localizada sobre a colina que oferece a mais magnífica vista da cidade.

Museu Zulfaris: Há evidências de que a Sinagoga de Zulfaris existe desde 1671, porém a reconstrução a partir de ruínas, data de 1823. Zulfaris celebrou seu último casamento em 1983, e interrompeu suas atividades no ano de 1985 porque já não havia judeus na região para frequentá-la. Com incentivo e contribuições para sua restauração Zulfaris foi reaberta como museu em 2001.

Sinagoga de Neve Shalom: Conhecida como “Oásis da Paz” ou “Vale da paz” Neve Shalom está localizada no distrito de Beyoglu. A mais importante sinagoga de Istambul nasceu da iniciativa dos judeus em manterem as tradições de fé de sua comunidade e devido ao grande aumento de população judaica na vizinhança de Gálata.

Bairro de Balat: Fugindo das perseguições da inquisição, antigos judeus se fixaram na região que se chamou Balat. O Bairro de Balat é um dos mais autênticos de Istambul com atmosfera única, por sua localização às margens do Corno de Ouro, pelo colorido de seus edifícios, suas galerias de arte e cafés.

Sinagoga de Ahrida: Construída por judeus imigrantes em lembrança da cidade de Ohrid a sinagoga de Ahrida é uma das mais antigas sinagogas do Chifre de Ouro em Istambul. Ahrida foi restaurada em 1.992, ano que se comemorou 500 anos da chegada da comunidade judaica à Istambul.

Hospital Judaico Or-Ahayim: Or-Ahayim significa “Luz da Vida” e foi fundado para servir como uma pequena clínica através das contribuições de físicos e filantropos idealistas, durante o reinado do Sultão Abdulhamid II. O hospital que resistiu à segunda guerra, à guerra dos Balkans e à muitos períodos de crise foi um projeto viabilizado através da coleta de 11.000 moedas de ouro provenientes de várias atividades como doações e vendas.

  • Telefone Móvel / Celular
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
Herança Judaica em Istambul